Google+ Badge

domingo, 19 de abril de 2009

DANDARA: Boletim 4 e carta de apoio.

Compas, pedimos que os amigos que solidarizam possam assinar a carta em anexo, ou pelas entidades e organizaçòes ou pessoalmente. Após isto enviar de volta para ocupacaodandara@ gmail.com Saiu a liminar de despejo e precisamos todo apoio possivel.


Aproveitamos para avisar que toda informação nova estamos postando no blog da ocupaçào, cujo link é

http://ocupacaodand ara. blogspot.com/

agradecemos o apoio recebido

coordenação do Dandara

CARTA DE APOIO

A madrugada do último dia nove de abril anunciou em Belo Horizonte um novo momento para a luta popular em nosso país. Nascia a Ocupação Rururbana Dandara.

Fruto da aliança entre o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), as Brigadas Populares e Fórum de Moradia do Barreiro, a ação inicial contou com cerca de 150 famílias sem teto, que se multiplicaram em mais de mil. Hoje já existem além destes cerca de 300 que já integram o cadastro de espera. A tão falada crise econômica mundial parece haver chegado ao Brasil e a BH, e não é nenhuma marolinha. E seus efeitos já foram sentidos pelo povo pobre da periferia, que saem em busca de seus direitos, afinal, a crise não é culpa dos pobres e sim dos ricos capitalistas.

A Ocupação Dandara foi organizada a partir de uma demanda real em nossa sociedade: a construção das Reformas Urbana e Agrária; uma aliança que pretende apresentar alternativas aos excluídos e excluídas da cidade e do campo, que enfrentam dia após dia os obstáculos para sobreviver neste mar de desigualdades.

Onde a propriedade é mais valorizada que o ser humano, não poderia ser diferente: só em Belo Horizonte são cerca de 80 mil imóveis ociosos e 55 mil famílias sem moradia. Uma conta fácil de ser resolvida se não fosse a proteção aos interesses das elites. O déficit habitacional total em BH beira 200 mil unidades entre valores quantitativos e qualitativos. No Brasil o total chega a 8 milhões!

Os 400 mil metros quadrados abandonados há mais de 40 anos seguem sustentando barracas e sonhos de milhares de trabalhador@s. Os integrantes da Dandara querem destinar toda esta terra para um sistema de habitação urbana que envolva sistemas produtivos agrícolas e não-agrícolas, em regime de cooperação e associativismo. Estamos chamando este sistema de rururbano. Porém, o Estado, cumprindo seu papel de sustentar em primeiro lugar os interesses capitalistas, continua a dificultar a ação e frustrar o sonho dos trabalhadores.

Na última terça-feira (14/05), foi concedida liminar de reintegração de posse à Construtora Modelo, que se alega proprietária. O terreno apresenta uma série de irregularidades tributárias, o que não impediu a Justiça de favorecer à construtora.

Diante da importância dessa luta que está sendo travada, nós, representando movimentos, organizações e demais entidades nos solidarizamos com a Ocupação Dandara, apoiando sua reivindicação pela função social da propriedade e os direitos fundamentais das mais de mil famílias acampadas.

Belo Horizonte, 17 de abril de 2009.

Assinam esta carta...

Instituto Helena Greco

Grupo Tortura Nunca Mais

Via Campesina

DCE UFMG

Luta Antimanicomial

Nenhum comentário: