Google+ Badge

sábado, 30 de maio de 2009

Medo do exemplo: estátua de Che é retirada do Central Park

Assassinado há mais de 40 anos nas selvas bolivianas, com ajuda da CIA, o líder revolucionário Ernesto Che Guevara continua polemizando nos Estados Unidos. O medo de um exemplo de vida que se impõe é tanto que, por pedido de parlamentares republicanos, a prefeitura retirou uma estátua do argentino que figurava em uma das entradas do famoso Central Park, em Nova Iorque. Por Fernando Borgonovi

Parlamentares republicanos enviaram carta à prefeitura da cidade pedindo a retirada alegando que ''o revolucionário foi reconhecido inimigo dos EUA e que acolheu as políticas repressivas da União Soviética''. A escultura, que na realidade refletia uma ''estátua viva'', seria retirada de qualquer maneira, já que fazia parte de uma exposição temporária. Mas chama a atenção os queixumes dos republicanos, capazes de enxergar violência na solidariedade e no amor à liberdade, representados por Che, ao mesmo tempo em que apóiam vivamente a matança comandada pelos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão. Uma estátua não é capaz de sair andando, mas o exemplo de vida de Che Guevara até hoje se impõe e faz tremer os donos do poder mundo afora.

Nenhum comentário: