Google+ Badge

terça-feira, 10 de setembro de 2013

VALE PRETENDE CRIAR LIXÃO DE MINERAÇÃO EM NOVA LIMA



"É muito importante divulgar o que a mineradora Vale pretende no licenciamento de ampliação da Mina da Capitão do Mato em Nova Lima.
A situação é GRAVE, a Vale quer desmatar uma floresta importantíssima para depositar pilha de estéril (lixo de mineração) em uma área de 15 hectares de floresta nativa semidecidual (Mata Atlântica em regeneração), além da ampliação da mina em área com cavidades (cavernas) e campos rupestres com belíssimas e raras espécies.
A Vale alega não ter espaço para depositar estéril. Sabemos que este estéril pode ser colocado dentro da própria cava, mas a Vale afirma que o custo é maior, pois um dia eles terão que removê-lo para explorar o que hoje ainda não tem valor no mercado, alegação que é absurda! Dizem que transportar o estéril para uma cava mais longe geraria impacto também, porque terá que usar caminhões. Mas não se fala em gastar com correias transportadoras, afinal, desmatar neste estado que é tricampeão em desmatamento é bem mais barato. "Haja paciência para tanto desenvolvimento insustentável". (Copiado de Judite Velasquez)

E então, Minas Gerais?

Foto: Associação de Conservação Ambiental Orgânica – ACAÓ

Nenhum comentário: